Vera Nunes é psicóloga clínica e institucional, ludoterapeuta, pós-graduada em Psicologia Médica e Psicossomática, consultora e palestrante.

          Atua nas áreas da saúde e da educação, sempre com foco nas relações humanas, na saúde mental e no desenvolvimento emocional.

          Autora dos livros "Pra Gente Grande Entender Melhor a Criança" e "O Papel das Emoções na Educação", ambos publicados pela Editora Casa do Psicólogo.

 

          Contato para palestras e capacitações em escolas e instituições:

nunes-vera@uol.com.br



Escrito por Vera Nunes às 17h49
[] [envie esta mensagem] []



 

 

O Papel da Afetividade na Escola - Vera Nunes


          O afeto é essencial para a formação da personalidade e do caráter, e é elemento importante para ajudar a criança a compreender melhor suas próprias emoções.

          A afetividade deve ser prática cotidiana na vida do educador, pois, a aceitação do aluno e o apoio a ele facilitam o caminho na direção do sucesso dos objetivos educativos, fazendo com que o conhecimento chegue a ele de forma mais envolvente, causando efeito impactante e positivo.

          A escola ideal é aquela que atua como agente socializador, que possibilita a expansão de talentos e potencialidades, ao mesmo tempo em que acolhe, inclui e integra pessoas.

          É papel dessa nova escola também educar o afeto, trabalhando as emoções da criança de modo inteligente, cultivando as boas relações e fazendo-a se desenvolver de forma integral.

          O educador consciente exerce seu poder com clareza de objetivos, com equilíbrio e discernimento, e o faz no intuito de contribuir para que a escola seja uma instituição motivadora, pronta a formar indivíduos inteiros, conscientes e civilizados, combinando elementos que os auxiliará tanto na escola quanto fora dela. Assim, formar crianças mais sadias emocionalmente e capazes de aprender legitima o papel da escola de qualidade.

          Nesta nova escola, saber e afeto coexistem em harmonia.  

          Educar com sensibilidade é estratégia mais que inteligente e humanizada, é também fonte de possibilidades reais para o crescimento da criança, pois, viver numa sociedade que frequentemente quebra as regras exige a formação de cidadãos conscientes, que aprendam na infância valores indispensáveis à vida em sociedade, legitimando seu lugar no mundo.

          O bom educador participa deste processo incentivando a criança a desenvolver seus talentos, direcionando seus impulsos para ações criativas, formando com seu aluno um vínculo saudável e produtivo.

          Trabalhar com crianças  demanda sensibilidade e capacidade de observação, acolhimento e autoridade equilibrada, compreendendo sempre que criança também sofre de insegurança, ansiedade, vergonha, medo, falta de perscpectiva, angústia...

          Portanto, vamos permitir essa importante e fundamental troca em sala de aula, observando as necessidades da criança, respeitando seu ritmo, incentivando-a a conviver em grupo e a dar valor a si mesma e ao próximo.


 



Escrito por Vera Nunes às 17h35
[] [envie esta mensagem] []



 

À venda nas melhores livrarias, ou através do site:

www.casadopsicologo.com.br

*Também no formato e-book



Escrito por Vera Nunes às 16h21
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Mulher


Histórico
Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
mothern
observatório da infância
morandini
projeto laços da rede
esporte
poemas
fotografia
shantala
música
produção de fotografias